Tecnologia do Blogger.

Vai casar?


publicado por Vivi Tassi em , ,

15 comentários


Quase tudo pronto, vestido, buffet, lista de convidados, lua de mel, convites, lembranças, bem casados, mas, falta um detalhe, escolher os ítens da lista de presentes. E aí eu pergunto, como agir nesse momento?!? O que pedir? Onde? Em que faixa de preço? É elegante incluir eletrônicos ou não? Devo ou não deixar um cartão, no convite, indicando a loja onde fiz a lista de presentes? Ufa, tantas perguntas não é mesmo, que o medo de errar nos aflige.


Como diria meu amigo Arnaldo César Coelho ( que com certeza não entende nada sobre esse assunto), hehehe, "a regra é clara", e para que tudo dê certo e nenhum dos seus convidados se sinta melindrado, o ideal é usar bom senso

A lista de presentes deve ser feita, com carinho e muito cuidado pelos noivos. Se vocês já tem uma casa montada, não há problema em pedir coisas que não são de primeira necessidade, como uma máquina de café expresso, por exemplo, ou quadros para compor a decoração, mas se não for o seu caso, peça sempre coisas que combinem com o estilo da casa, que reflitam o jeito de vocês, e na quantidade que vão precisar.


Não há mal algum em elaborar uma lista de presentes, especialistas em etiqueta, recomendam apenas, que os noivos tenham a delicadeza de escolher ítens em várias faixas de preço, para que os convidados não se sintam constrangidos. O ideal é fixar um preço máximo e trabalhar em cima dele, que pode ser "o dobro do preço do presente, que o casal compraria para seu melhor amigo" ( diz, Cláudia Matarazzo, no livro "Casamento sem Frescuras").


Também é legal, deixar a lista em mais de uma loja, algumas inclusive fazem trocas, independente se o presente foi ou não comprado lá. Quanto ao que pedir, tenham bom senso e carinho com todos os convidados dos menos aos mais favorecidos. Geralmente os padrinhos dão os mais caros, então é bom incluir os eletrônicos e os presentes de maior valor.

Duas coisas que as especialistas como Cláudia Matarazzo e Carla Fiani abominam é, o cartão anexo ao convite, com as lojas que tem as listas de presentes dos noivos ( acho respeitoso por parte de convidados e padrinhos, perguntarem sobre isso), e o fato de alguns casais pedirem dinheiro no lugar de objetos ( horrível isso hein Marias!).

Para os convidados, a dica é não se sentir pressionado a nada, não é obrigação sua dar o que está na lista, mas essa coisa de presentear deve ser um prazer, afinal, os noivos fazem sempre tudo com tanto carinho, organizam o casamento, a festa, pensam no cardápio, no local ideal, para que todos se sintam bem, nada melhor que retribuir todo esse carinho, dando algo que combine com o casal. Eles vão adorar receber um objeto que tenha sido dado com amor, com a preocupação em agradá-los, independente ou não de estar na lista que fizeram.

Pensem nisso!









fonte: IG/Delas

15 comments

Deixe um Comentário

Não saia sem comentar. O que você achou do post é muito importante para o aprimoramento do nosso trabalho. Respondemos a todos aqui mesmo, portanto volte sempre, será muito bem-vindo.